• Gugol

HOMÃE

Atualizado: 23 de Set de 2019

nelson ferraz



Lançamento no dia

28 de Setembro, Sábado, 21h30

Escola Príncipe da Beira Rua Dr. António José de Almeida Gueifães, Maia Coordenadas GPS: 41 13'04.3”N 8 36'16.1”W

Apresentação de “Homãe” por António M. Oliveira

Leitura de poemas da obra por Alzira Santos, Amílcar Mendes Eduardo Roseira

Participação Musical de "O Mau Olhado"


Sobre a obra “homãe” é a narrativa do percurso de fazer para enfrentar o mundo, desde a luz primeva ao final da tarde e à certeza de o amor ser tudo (...) poemas sentidos de uma ingente simbologia, a dizer de como tudo começa por se olhar em volta, sem memória do antes, nem se saber para onde, num aprendizado de só seguir gestos, também e sempre repetidos.


Nelson Ferraz

É membro da Associação Portuguesa de Escritores desde 1978.

Publicou (em Poesia): Ternura, 1977; Sintomas, 1978; Coisas do Tempo, 1999; As Palavras Côncavas, 2003; não me ganhas, 2012; Estou-te nas tintas, 2014; pois, 2015; Os Cordões Desapertados, 2016 e cheio. sem açúcar, 2017.

Publicou (em Prosa) À esquerda de deus, 2004 e O Coleccionador de Bugigangas, 2008.



54 visualizações