• Gugol

O Poeta Nocturno

Vasco Pimenta de Castro



Lançamentos:

Biblioteca Municipal de Viana do Castelo

Dia 18 de setembro, sexta-feira, 18h30

Dia 22 de Setembro, terça-feira, 18h30



Sobre a obra:

O Poeta Nocturno é um livro onde habita a consciência do processo de autoconhecimento. E aqui coexiste a preocupação do poeta com o ser e o estar no mundo.

(…) O livro apresenta dois grandes momentos, o primeiro, construído em prosa poética, onde Vasco Pimenta de Castro ergue as pedras basilares da sua presença no mundo, as influências, a construção do corpo, o processo da arte de escrever. No segundo momento, o autor tece com mestria o discurso poético, entretece as alianças originais entre as palavras, orquestra os ritmos e as sonoridades e constrói a angústia, o medo, a desilusão, a novidade, o amor, o desejo, a paixão, o sagrado. (…) Todo o livro tem um tom confessional, intimista, que este amor pela arte nasce da recusa da vida e de um esforço por vencê-la.


Do prefácio, por Maria Helena Padrão.





Sobre o autor:


Vasco Pimenta de Castro nasceu em Viana do Castelo.

Professor, performer, artista plástico, analista de arte, escritor, conferencista, publicou nas Editoras Fenda e Cotovia.

Expõe regularmente em contextos nacionais e internacionais. A revista Art e Design de Fevereiro - Abril de 2019 faz um artigo sobre a sua pintura.

Como Analista de Arte destacam-se a análise à obra de Maria Helena Vieira da Silva, na revista, O Tripeiro, 1989 e 1990, Palácio da Bolsa, Porto. Participou, entre outros, no Catálogo de Exposição Retrospectiva do Pintor Luís Demée, Museu Nacional de Soares dos Reis, Porto e no Museu de Hong Kong, em 1985. No Catálogo do Fotógrafo João Menéres, “Daqui e Dali”, no Centro Cultural de Barcelos, 2006 e no Museu dos Benfeitores, Porto em 2008.

Realiza performances poéticas desde 1983, destacando-se a do lançamento do seu primeiro livro, As Veladoras Ausentes, 1983, com música, canto, voz, luz e cor, no auditório do Instituto de Francês do Porto e na E.S.B.A.P, mencionada na revista Grande Reportagem de 15 a 20 de Junho, de 1985, e apresentada em 1986 no 17º Festival Internacional de Cinema n/ profissional de Guimarães.

Apresentou a performance, Mesa Para Um Ritual, 2013, na exposição de Isabel Braga que teve como cenário, a Galeria Solar de Santo António, Porto.

Vídeo Performance sobre Almada Negreiros, apresentada na XX Bienal de Arte de Vila Nova de Cerveira, 2018;

Palestra e vídeo-performance de apresentação do livro, O Diálogo das Infantas Mortas, de Ruy Neiva. XX Bienal de Arte de Cerveira, 2016, youtube;

Dinamizou o Projecto Conversas Avulso, relacionadas com Estética e Arte, com o C.C.A.M, Viana do Castelo, 2018;

Vídeo-Conferência, A Interacção cultural e artística de Sonia Delaunay, Sarah Afonso, Luís Filipe e Almada Negreiros com o Alto Minho, 23 de julho, 2020, Biblioteca Municipal de Viana do Castelo. 40ª Feira do Livro. Organização do C.C.A.M.

13 visualizações