• Gugol

Villa de Basto - Estudo Linguístico e Etnográfico

de Aida Araújo Duarte


Lançamento

Sábado, 9 de novembro - 15h30

Auditório Municipal Prof. Marcelo Rebelo de Sousa

Celorico de Basto



Este trabalho que agora se publica é um [...] retrato específico de um pedaço de território rural profundo, – o lugar do Castelo , na freguesia de Arnóia – com apontamentos sobre a história, etnografia e, sobretudo, sobre a linguagem utilizada pelos seus habitantes, da originária Villa de Basto, até à década de setenta do século XX. (José Manuel Sousa Machado) Este é um livro que constitui uma referência, com uma apresentação de fácil leitura e manuseamento, aliada a uma extraordinária qualidade e rigor, como é timbre da professora Aida Araújo Duarte. (Orlando Silva) sobre a autora Aida Araújo Duarte nasceu em 1949 no Castelo de Arnóia (Vila de Basto), Celorico de Basto. Reside no Porto. Licenciada em Filologia Românica pela Universidade de Coimbra, foi professora do Ensino Secundário durante 38 anos.

Tem a seguinte obra publicada

Como autora: “A Filha da Montanha e do Vento”, contos, Seda Publicações, 2013; “Limpidez Ausente”, poesia, Seda Publicações, 2014; “As Sandálias da Lucinda”, romance, Seda Publicações, 2016.

Como dramaturga: “Pancada da Vida” peça levada a palco entre 2012 e 2016 pela companhia “Tacco” (encenação Afonso Carvalho); “A Zulmira Abespinhada” peça para o Clube Unesco, Maia, em parceria com o Agrupamento de Escolas da Maia, Junho de 2016.

Como tradutora: “Les Roses / As Rosas” (poesia) Rainer Maria Rilke, 2012, para a Seda Publicações; Terre des Hommes / Terra dos Homens (romance) Antoine de Saint-Exupery, 2016, para a Seda Publicações.

Publica agora “Villa de Basto - Estudo Linguístico e Etnográfico”. Sobre este assunto proferiu várias comunicações, designadamente: 24/abril/2013 – “Que se não percam as marcas do falar das gentes de Basto dispersas pelos países de acolhimento” – comunicação integrada no painel 2 sobre Raízes e Horizontes da Diáspora Portuguesa, no Espaço Lusófono (Auditório Municipal de Mondim de Basto). 2014 - Comunicação sobre a língua de Basto, na sede da Universidade Sénior de Arnoia, Celorico de Basto.

5 visualizações